5 ângulos de câmera e a razão de usa-los!



Nós temos os planos de câmera e temos também os ângulos de câmera (explicarei os planos em outro post).

Nesse post eu quero te explicar sobre alguns desses ângulos e seus devidos nomes, acompanhe.

Basicamente temos 5 principais ângulos em relação à altura da câmera:

NORMAL ou RETO: Este á o ângulo que colocamos a câmera na altura dos olhos, o que gera uma “igualdade” entre o fotografado e a pessoa que vê a foto.

PLONGÉE: Este é o ângulo que que utilizamos para deixar o objeto de interesse um pouco menor, um ângulo tirado um pouco de cima. Esse ângulo normalmente remete fragilidade, veja esse exemplo:

CONTRA PRONGLÉE: utilizamos esse ângulo quando queremos deixar nosso objeto de interesse maior, nos inclinando para tirar uma foto um pouco mais de baixo. Veja esse exemplo:

A foto acima está levemente torta (plano holandês, mas não está causando tensão… tive que levemente entortar porque fiquei sem espaço para ir mais para trás) ficou boiando? Veja o post sobre planos)

Plongee Absoluto: É o ângulo em que a foto é tirada completamente de cima do ponto de interesse, uma foto que representa bem esse ângulo que achei é essa:

Contra Plongee Absoluto: este ângulo é o oposto do plonge absoluto, onde a câmera fica em uma linha reta de baixo do ponto de interesse. Para te ilustrar, um exemplo bem prático:

Espero que consiga absorver esse conhecimento que passei através desse post, estude e pratique os ângulos que passei por aqui, em breve voltarei a falar sobre ângulos (sim tem mais hehe).

Espero que tenha gostado.
Ficou com alguma dúvida? Quer saber mais sobre?
Quer saber sobre outros assuntos?

Comente abaixo.

Abraços,
Allan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *